28.2 C
Bom Jesus

Quase dois anos após denúncia, população continua atravessando rio em boias no Piauí

A Prefeitura assinou nesta sexta-feira (10) ordem de serviço para a obra.

Quase dois anos após a primeira denúncia feita pelo G1 sobre a situação dos moradores do Povoado Passagem da Nega, a situação continua igual. A população ainda não tem uma ponte sobre o Rio Longá e precisa fazer a travessia, quando o nível do rio sobe, em boias ou a nado. Os moradores relatam que a situação, além de constrangedora, oferece riscos. A Prefeitura assinou nesta sexta-feira (10) ordem de serviço para a obra de uma passagem molhada no local.

“Há anos que nós pedimos essa obra e agora foi que a prefeitura assinou uma ordem de serviço pra construção da passagem molhada nesse povoado. A gente pede que a obra seja feita o mais rápido possível, porque com qualquer chuva mais forte, o rio enche novamente”, explicou o professor Jefferson David, que fez a denúncia ao G1 em fevereiro de 2018.

Segundo ele, no momento, as crianças que moram no povoado e estudam na Zona Urbana de Campo Maior não estão precisando fazer a travessia, porque estão no período das férias escolares. Contudo, trabalhadores têm se arriscado, porque o percurso pela estrada aumenta o trajeto em 35 km.

“As pessoas que precisam ir ao trabalho preferem atravessar assim, deveria ter uma forma menos perigosa. Com a passagem molhada, a travessia seria de apenas 10 km”, disse o professor.

A Prefeitura de Campo Maior informou que a obra foi autorizada exatamente nesta sexta-feira (10) porque era necessário cumprir “os procedimentos exigidos pela legislação”. Em nota, a prefeitura informou que as obras iniciarão em uma semana. O prefeito, professor Ribinha (PT), divulgou vídeo em que fala sobre a ordem de serviço da obra.

Leia a íntegra da nota:

A comunidade Passagem da Negra está localizada na zona rural do município de Campo Maior e se formou há décadas na margem direita do Rio Longá. No período de chuvas, com a cheia do rio, os moradores precisam usar uma outra rota para chegar a zona urbana. Alguns, contudo, se arriscam em boias na travessia.

A prefeitura de Campo Maior mantém intensa manutenção na estrada da comunidade e disponibiza transporte escolar durante o período chuvoso para evitar que as famílias se arrisquem na travessia de crianças.

Em 2018, a prefeitura de Campo Maior, em parceira com o governo do estado do Piauí, elaboraram o projeto de uma Passagem Molhada e iniciou o processo legal para a construção.

Após cumprir os procedimentos exigidos pela legislação, foi assinado na manhã desta sexta-feira a ordem de serviço da obra orçada em R$ 500 mil. A empresa vencedora da licitação confirma o início dos trabalhos para essa próxima semana.

O município de Campo Maior reafirma seu compromisso e empenho para solucionar o problema histórico da comunidade Passagem da Negra.

Prefeitura de Campo Maior

Coordenação de Comunicação Social

Mais Lidas

Polícias Civil e Militar prendem traficantes em Bom Jesus.

A ação integrada das Polícias Civil e Militar de Bom Jesus resultou na prisão de um casal traficantes, na apreensão de um menor de...

Gusttavo Lima é censurado e decide não fazer mais lives, CONAR aponta irregularidades nas transmissões

A declaração foi feita horas depois do músico virar alvo do Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária), que apontou irregularidades nas propagandas de bebidas...

Adolescente de 15 anos morre afogado em barragem no Piauí

O jovem Lucas de Jesus Almeida, de apenas 15 anos, de família de Campo Grande do Piauí, morreu vítima de afogamento no início da...

Sindicato denuncia cortes de horas extras e cobra adicional de periculosidade igual para todos durante pandemia

A Direção do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Saúde Pública do Piauí (SINDESPI) em reunião na última quarta-feira (15/04) com o diretor do...