Site emiliano 2019
BannerVirteX
COOPELG MATRICULA

A operação Coiote, deflagrada nesta quinta-feira (16), investiga um grupo de advogados suspeitos de usar aposentados que haviam feito empréstimos consignados para entrar na Justiça com ações fraudulentas contra instituições bancárias. Os mandados foram cumpridos nas cidades de São Raimundo Nonato, Fartura do Piauí, Bonfim do Piauí, São João do Piauí, Teresina e Dirceu Arcoverde, no Piauí; e em Juazeiro, no estado da Bahia.

De acordo com o promotor de Justiça Rômulo Cordão, coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), os suspeitos realizaram milhares de golpes contra bancos. “Um pessoal foi escalado só para verificar o tamanho desse prejuízo”, disse.

O objetivo das ações de busca foi encontrar documentos que confirmassem os crimes. Os promotores agora devem analisar os documentos apreendidos e continuar a investigação. Segundo o promotor Rômulo Cordão, os suspeitos podem responder por crimes como formação de organização criminosa, falsidade ideológica, falsidade material e estelionato.

O golpe

O promotor Rômulo Cordão explicou que os advogados tinham escritórios sediados em São Raimundo Nonato e contratavam pessoas (chamadas de “coiotes”) para encontrar idosos em localidades rurais que tivessem feito empréstimos, e ofereciam o serviço de anular este empréstimo junto à Justiça, e assim cancelar a dívida.

Portal Ponto X 2019 – Conectando o Sul do Piauí. Curti e siga as nossas páginas no Facebook @portalpontox no Instagram portal_pontox e no Twitter @PortalPontoX WEB TV PONTO X no YOUTUBE, INSCREVA-SE em nosso CANAL sugestão de matéria pelo WhatsApp (89) 98140-6391.


Fonte: G1

Comentários Facebook
GRILL_20cef98edeecd4b3df6ce2fdb3319e8e
Compartilhar