A prefeitura de Bom Jesus, Sul do Piauí, através da Secretaria de Assistência Social, lançou na tarde dessa terça-feira (22), no auditório do antigo Fórum, o “Programa Infância Legal”. O programa vai acompanhar as crianças do município desde a gestação até os 3 anos de idade e mudar a realidade da primeira infância.

A prefeitura envolveu três secretarias para desenvolver o programa, Educação, Saúde e Assistência Social. A união de esforços das secretarias em prol das crianças irá trazer resultados positivos em pouco tempo. O programa visa promover atendimento integral à primeira infância, explorando todas as potencialidades que a criança tem nessa importante fase da vida.

Serão atendidas pelo programa, gestantes a partir do terceiro mês de gestação, abordando assuntos previamente programados, desenvolvidos pelo Instituto Alfa e Beto, com o intuito de orientar as mães quanto ao desenvolvimento do bebê e as mudanças que ocorrem com eles mês a mês.

O prefeito Marcos Elvas, destacou que é necessário cuidar da criança antes mesmo de ela nascer. “É fundamental que a criança tenha acompanhamento, desde a gravidez da mãe com acompanhamento e pré-natal. Acompanhamento de um psicólogo, consultas, palestras e orientações. E ainda no sétimo mês de gravidez a mãe ganhará um enxoval.  Após o parto, consultas e acompanhamento de um médico pediatra. Este é um programa revolucionário, realizado em poucas cidades. Desenvolvemos o programa através de pesquisas com médicos e profissionais da área, por que a nossa gestão cuida de gente”. Disse.

A Secretária de Assistência Social, Claudia Rocha, disse que o programa vai unir forças com a saúde e educação do município. O serviço irá ofertar às famílias todo acompanhamento de pré-natal, psicólogos, assistente social e assim desde o 2° dia o programa irá disponibilizar um médico no hospital para acompanhamento da criança.

“O programa Infância Legal irá acompanhar as crianças com atendimentos semanal e mensal até completar os 2 anos de idade, onde já terá uma vaga na creche. A partir daqui outras atividades serão trabalhadas na vida dessas crianças”. Falou Claudia Rocha.

De acordo com a coordenadora do programa e psicóloga, Jennifer Araújo, a partir do nascimento da criança os visitadores do programa “Criança Feliz” irão integrar este novo cidadão bonjesuense no Programa Infância Legal, trabalhando e ensinando os pais à contribuírem no desenvolvimento psicossocial e a motricidade destas crianças.

CRITÉRIOS PARA RECEBER OS BENEFÍCIOS:

  1. Realizar as entrevistas de registro e acompanhamento;
  2. participação obrigatória de todas as ações e encontros do programa;
  3. Trazer o diário de Maria todo encontro;
  4. ter atualizado o cartão da gestante;
  5. Ter realizado no mínimo 7 consultas de pré-natal;
  6. Ter cadastrado do programa Bolsa Família e atender os critérios deste programa;
  7. Estar no sétimo mês de gestação

BENEFÍCIOS DO PROGRAMA PARA AS GESTANTES:

  1. Acesso a todos os serviços de pré-natal;
  2. Encaminhamento para os programas sociais;
  3. encontros mensais promovidos pelo programa;
  4. Diário de Maria;
  5. Enxoval contendo (banheira, um pacote de fraldas, uma toalha, um cueiro, um conjunto para recém-nascido, um conjunto de luvas, uma touca, uma colcha de berço, e uma manta);
  6. Visita de assistente social após os primeiros dias de nascido
  7. Acompanhamento multiprofissional
  8. Garantia de Direito a creche a partir dos 2 anos de idade.

Confira as fotos de lançamento:

Comentários Facebook