28.2 C
Bom Jesus

Produtor e Secretário Gilson Manganeli emite “Carta Aberta” em repúdio a vídeo de Ziza Carvalho

Ziza Carvalho cria uma polaridade entre produtores do semiárido e do cerrado.

Em meio as declarações do deputado estadual Ziza Carvalho, do (PT) do Piauí, o secretário municipal de Desenvolvimento Rural de Bom Jesus, no Sul do estado, Gilson Manganeli, emitiu uma Carta Aberta na tarde desta terça-feira (24), repudiando as palavras do deputado.

Veja o que disse, Ziza Carvalho, em um trecho do vídeo:

“Eu vejo muita gente reclamando de estrada do Sul que não escoa produção de soja, não escoa a produção de ricos produtores no Sul do estado. Agora, eu te pergunto: quantos piauienses estão produzindo ali? o que eles estão produzindo? eu conheço fazenda de 50 mil hectares de soja e milho. Eu conheço fazendas que têm aeroporto privado melhor do que os aeroporto públicos que a gente pousa em Teresina. Aí eles estão precisando de estrada?”, diz trecho do vídeo.

Ziza Carvalho também cria uma polaridade entre produtores do semiárido e do cerrado.

“Quantos Silvas estão produzindo aí? quantos Sousas? quantos Cruz? quantos Santos, estão produzindo nessas lavouras? o governo tem que tá aqui no semiárido onde se produz mel, cria carneiro, onde tem galinha caipira. Aqui que estamos fazendo estradas, botando asfalto. Faça a sua estrada […] quem precisa de Governo é o povo […] vão trabalhar. Trabalhem e fiquem na sua!”, completa o deputado.

CARTA ABERTA

A Secretaria de Desenvolvimento Rural de Bom Jesus, assim como outras entidades, vem abertamente repudiar, as declarações outrora feitas pelo Deputado, em desagradável destaque, Ziza Carvalho – PT, que teve sua infeliz opinião amplamente veiculada e distribuída nas redes sociais.

Em conformidade com os deveres dessa Secretaria que prima e busca a todo o instante o convívio salutar de todos os agricultores de nosso município, quer ele seja pequeno, médio ou grande, pois cada um desenvolve papel importante e primordial dentro da economia da região e consequentemente do visível crescimento justamente em razão a esse convívio.

Sabemos que as produções de soja e milho em grande parte são de fato exportadas, mas a geração de riquezas que aqui fica, a rede de comércios que o AGRO traz ao seu redor é um gigantesco gerador de riquezas e empregos, da mesma forma que empresas prestadoras de serviços e de venda de produtos agrícolas aqui instaladas acabam por melhorar a concorrência barateando e oferecendo produtos e serviços antes indisponíveis na região, melhorando assim a produção, a renda e consequentemente a qualidade de vida do pequeno e novamente gerando divisas ao município que por sua vez cresce em infraestrutura e benefícios a sua população.

Temos certeza que muitos Souzas, Silvas e Cruz, assim como tantas outras famílias não lembradas pelo ilustre Deputado, tem e tiveram suas vidas modificadas e melhoradas por esses “FORASTEIROS”, muitos desses não mais precisam ser assistidos por bolsas ou benefícios e ganharam dignidade e liberdade econômica graças ao avanço do AGRO.

Sabemos que a infeliz opinião desse cidadão não reflete a opinião do povo Piauiense, que é acolhedor, trabalhador e por anos sofre nas mãos desses que se dizem representantes e que “zelam” pelos menos favorecidos embora entre ano e saia ano nada muda. Sabemos que aqui também tínhamos dificuldades, essas mesmas, que o norte do
estado enfrenta, mas sabemos hoje que esses “FORASTEIROS”, mostraram o caminho do progresso, do desenvolvimento e da verdadeira liberdade.

Não há mais espaço para a intolerância, qualquer que seja. Não há mais espaço para políticas públicas voltadas somente as capitais. Não há mais espaço para gestores que não conseguem enxergar o básico, o povo precisa ser ouvido e precisa de dignidade, saúde, educação e comida na mesa, mas não a entregue pelo estado, aquela ganha com trabalho, dedicação e respeito que sabemos que nosso povo tem de sobra.

Viva o PIAUÍ!!
VIVA O AGRO!!
E VIVA OS FORASTEIROS!!

Gilson Flores Manganeli – Secretário Municipal de Desenvolvimento Rural

Mais Lidas