28.2 C
Bom Jesus

Prefeito Curimatá denuncia derrame de dinheiro falso no Sul do Piauí; Polícia investiga

Os moradores do município de Curimatá, no Sul do Piauí, foram surpreendidos nos últimos dias com a circulação de cédulas  de dinheiro falsificadas. Comerciantes da região relatam prejuízos com a situação, que, segundo a Polícia Militar, teve início nos últimos dias.

Ainda de acordo com a PM, são cédulas de R$ 20, R$ 50, R$ 100 e até mesmo de R$ 200, a mais recente, lançada no segundo semestre de 2020 pelo Banco Central.

O comandante da Companhia de Policiamento de Curimatá, capitão Gomes, informou que os relatos sobre a circulação do dinheiro falso aumentaram nos últimos dias. Apesar disso, os moradores da região tem tido receio de formalizar a denúncia junto aos órgãos de segurança.

“Eles informam, mas não querem registrar a situação. Nós, como policiais militares, trabalhamos no serviço ostensivo e nas abordagens e, infelizmente, ainda não flagramos ninguém transportando essas cédulas falsas. O que a gente tem orientado é que população formalize essas denúncias para que a Polícia Civil e a Polícia Federal possam ser provocadas para adotar os procedimentos necessários, com os meios que eles têm”, afirmou.

O comandante também acredita que a circulação de notas falsas pode ter alguma relação com o período eleitoral, principalmente com a chegada de eleitores que moram em outras regiões, ou com prática de crimes eleitorais. “Nesse período eleitoral muita gente vem para a sua cidade de origem e alguns estão envolvidos nesse tipo de crime”, avaliou.

O prefeito de Curimatá, Valdecir Júnior (Progressistas), também denunciou, através das redes sociais, o derrame de dinheiro falso no município. O gestor demonstrou preocupação com  a economia local e disse que já comunicou o caso à Secretaria de Segurança Pública e à Polícia Federal.

“Vai comprometer a nossa economia, prejudicando o comércio local de Curimatá e da região. É um crime federal, um crime contra o sistema financeiro do país. As autoridades policiais precisam, urgentemente, tomar as medidas necessárias. Já comunicamos ao governador do Estado. Precisamos combater essa prática espúria e nojenta  que quer ser implantada em nossa cidade”, disse o prefeito.

cidadeverde.com procurou o delegado titular da Delegacia de Curimatá, mas não obteve sucesso.

A Superintendência da Polícia Federal, através de sua assessoria de comunicação, também foi procurada, mas até o momento não informou se há alguma denúncia formalizada sobre a circulação de notas de dinheiro falsas em Curimatá.

Mais Lidas

Corpo é encontrado na BR-135, no Sul do Piauí, Polícia diz que foi vítima de atropelamento

Um corpo foi encontrado por populares na BR 135, na altura da localidade Santa Marta, zona rural do município de Corrente, por volta das...

Moisés Barjud assume presidência do Sindicato dos Produtores Rurais de Bom Jesus, Sul do PI

O pecuarista Moisés Barjud, é o novo presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Bom Jesus, no Sul do Piauí. Barjud, que já presidiu...

Novo prefeito de Bom Jesus quer instalar polo industrial para gerar emprego

O prefeito eleito de Bom Jesus, Nestor Elvas, do MDB, que alavancar a geração de emprego e renda no município durante a sua gestão....

Carro tomba 4 vezes em Palmeira do Piauí, “air bag não acionou”, diz motorista

Na manhã dessa segunda-feira (30) na PI-395, rodovia que liga Palmeira do Piauí a BR-135 e aos municípios da região do Vale do Gurgueia,...