O governador Wellington Dias é um dos 25 governadores divulgaram nesta quinta-feira, 06, uma carta de apoio à manutenção de servidores de estados, Distrito Federal e municípios na proposta de reforma da Previdência Social. Essa semana, Wellington disse à imprensa nacional que “a pior reforma é aquela que não é aprovada”.

O governador questiona se haverá votos para aprovar o texto do Governo se ocorrer a retirada de estados e municípios: “Quem apresenta a proposta de tirar os Estados faça uma pergunta: com isso você garante que tem os 308 votos? Eu desconfio que não”.

Enquanto os deputados federais relutam em votar uma reforma impopular, que terá aplicação aos servidores estaduais e municipais das regras mais rígidas de aposentadoria previstas na proposta de emenda constitucional (PEC) da reforma da Previdência, Wellington está sendo pragmático: retirar os estados não vai resolver os problemas do Brasil, pelo contrário, as economias regionais estão interligadas e quando um estado “quebra”, na verdade, quem “quebra” junto é a população.

De acordo com dados da Fundação Piauí Previdência, 2018 teve um déficit de quase R$ 1 bilhão enquanto a projeção para 2019 é que o déficit possa chegar a R$ 1,5 bilhão.

Portal Ponto X 2019 – Conectando o Sul do Piauí. Curti e siga as nossas páginas no Facebook @portalpontox no Instagram portal_pontox e no Twitter @PortalPontoX, WEB TV PONTO X no YOUTUBE, INSCREVA-SE em nosso CANAL sugestão de matéria pelo WhatsApp (89) 98140-6391.

Comentários Facebook