A Polícia Civil do Piauí investiga uma suposta fraude no pagamento do Programa Bolsa Família. Até o momento, 35 beneficiários registraram boletins de ocorrência no 4° Distrito Policial de Teresina após tentarem sacar o dinheiro na agência da Caixa Econômica Federal do Parque Piauí, Zona Sul da capital, e serem informados que o saque tinha sido realizado.

A coordenação do Programa Bolsa Família no Piauí e a Polícia Federal informaram não ter recebido nenhuma denúncia sobre o caso. A Caixa Econômica Federal disse que não foram identificados indícios de atuação de hackers ou qualquer violação nos sistemas de segurança do banco.

Segundo o delegado Josimar Brito, o benefício estaria sendo sacado no estado do Ceará e a suspeita é que o sistema de segurança da Caixa tenha sido violado. Ele destacou que os beneficiários afirmam não ter perdido o cartão ou que algum familiar fez o saque sem autorização.

“Muitas vítimas têm nos procurado para registrar B.O por orientação da Caixa Econômica Federal. O beneficiário chega à agência para sacar o dinheiro, mas o sistema informa que o dinheiro já foi sacado”, disse o delegado.

O delegado informou que a averiguação de uma possível violação do sistema de segurança é competência administrativa da Caixa Econômica e da Polícia Federal. “Nós estamos apenas registrando os B.Os em atendimento à população para não deixá-los desamparados. A investigação de fraude no sistema fica por conta da própria Caixa e da Polícia Federal”, contou.

Grande parte dos clientes, que somam até o momento 35, registrou o problema ao tentar atendimento na agência do bairro Parque Piauí, mas segundo o delegado, é possível que haja vítimas de outros bancos.

“As vítimas vieram desde quinta-feira (25) procurar o distrito para registrar o B.O, mas acredito que não esteja ocorrendo só nessa agência”, explicou.

O delegado explicou ainda, que as maiores vítimas são os beneficiários, mas a Caixa também pode ser considerada vítima por ser administradora do benefício. “O dinheiro é do Bolsa Família e as vítimas são os beneficiários. No entanto, a Caixa é quem deposita esse recurso e esse benefício não está constando na conta dos clientes, demostra que possivelmente o banco sofreu um ataque e indiretamente é vítima também, porque teve o sistema violado”, ressaltou.

Nota na íntegra:

A Caixa informa que a área de segurança do banco realiza o monitoramento e mapeamento de ocorrências, em colaboração com os órgãos de Segurança Pública competentes para apuração dos fatos e adoção de providências cabíveis.

Com relação ao caso apresentado, informamos que não foram identificados indícios de atuação de hackers ou qualquer violação nos sistemas de segurança do banco.

Eventuais contestações de saques podem ser formalizadas pelo beneficiário diretamente em qualquer agência da Caixa. Para os casos em que houver constatação de saque fraudulento, o beneficiário será ressarcido.

Destacamos que a Caixa realiza monitoramento das transações de pagamento de benefícios sociais com o objetivo de coibir eventuais ocorrências de fraude.

Outras informações sobre contestação de saque podem ser obtidas pelo beneficiário por meio do atendimento Caixa ao cidadão 0800 726 0207.

Portal Ponto X 2019 – Conectando o Sul do Piauí. Curti e siga as nossas páginas no Facebook @portalpontoxno Instagramportal_pontox e no Twitter @PortalPontoX WEB TV PONTO X no YOUTUBE, INSCREVA-SE em nosso CANAL sugestão de matéria pelo WhatsApp (89) 98140-6391.

Comentários Facebook