Médicos e servidores públicos do Estado se reuniram em assembleia na terça-feira (29.05), no auditório do Sindicato dos Médicos do Estado do Piauí (SIMEPI), para tratar sobre as insatisfações, denúncias e falta de estrutura de trabalho nos hospitais estaduais.

A categoria discutiu e realizou uma votação que, por unanimidade, decidiu suspender os atendimentos pela terceira vez, salvo os casos de urgência e emergência, nos dias 05, 06 e 07 de junho.

Seguindo um movimento com responsabilidade, Samuel Rêgo, presidente do Simepi, enfatiza a importância do movimento e relata a omissão do Governo. “Esse silêncio do Estado é uma verdadeira omissão, o que piora a crise e o caos que se encontra a saúde. Nós temos propostas, mas infelizmente o Estado tem se posicionado com essa forma irresponsável. A categoria médica segue firme e unida na luta, pois o movimento não vai parar até que o governo entenda que precisa sentar e encontrar soluções para sair dessa crise”, comenta.

Lúcia Santos, diretora do Simepi e da Fenam, Federação Nacional dos Médicos, explica que o movimento é um grito de socorro da categoria. “A situação em que se encontra a saúde pública vem se arrastando e piorando ao longo dos anos. São estruturas físicas que colocam em risco os pacientes e nós médicos também, pois nossa profissão tem uma responsabilidade muito grande e isso vem sendo inviabilizado. O que a categoria vem pedindo é justo, pois são direitos, melhores condições de trabalho e o cumprimento da carreira médica”, explica.

Sobre a nota divulgada pela Secretaria de Saúde do Estado (SESAPI), Dra. Lúcia Santos comenta que não houve contrapartida do Estado em dialogar com a categoria. “Estamos à disposição para conversar, temos caminhos para isso e o nosso movimento é a única forma do Governo entender, quando não cumpre a sua função. Precisamos chamar a atenção da população e imprensa para o caos em que se encontra a saúde pública em nosso Estado”, enfatiza.

A categoria estará reunida em nova Assembleia Geral no dia 11 de junho (terça-feira), às 19h, no auditório do Sindicato dos Médicos do Estado do Piauí. Onde estarão avaliando e decidindo os novos rumos do movimento.

Portal Ponto X 2019 – Conectando o Sul do Piauí. Curti e siga as nossas páginas no Facebook @portalpontox no Instagram portal_pontox e no Twitter @PortalPontoX WEB TV PONTO X no YOUTUBE, INSCREVA-SE em nosso CANAL sugestão de matéria pelo WhatsApp (89) 98140-6391.

Comentários Facebook