28.2 C
Bom Jesus

Mais de 146 mil pessoas não voltaram para tomar 2ª dose da vacina no Piauí

Apesar de 45,71% da população estar completamente imunizada no Piauí, mais de 146 mil pessoas estão com a 2ª dose pendente.

Após nove meses de campanha de imunização contra a Covid-19, o Piauí conta com 70,40% da população total vacinada com pelo menos a 1ª dose e 45,71% totalmente imunizados, com a 2ª dose ou dose única.

Os dados do Vacinômetro da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) mostram que mais de 3,8 milhões de vacinas foram aplicadas no estado até outubro.

Apesar do cenário otimista da imunização, muitos piauienses que tomaram a 1ª dose de algum dos imunizantes ainda não retornaram para tomar a 2ª dose.

Segundo as fabricantes das vacinas administradas no Brasil e o Ministério da Saúde, a imunização completa só é alcançada 14 dias depois da aplicação da 2ª dose.

O secretário estadual de Saúde, Florentino Neto, afirmou em entrevista à TV Clube que a campanha de vacinação no Piauí tem evoluído dentro do esperado e que o governo tem feito ações para incentivar os municípios a aplicarem mais doses.

“A campanha de vacinação tem evoluído de maneira satisfatória. Temos conseguido distribuir as vacinas, os EPIs, seringas e agulhas, mas não podemos deixar de reconhecer o grande apoio dos municípios. O Governo do Estado já pagou anteriormente um incentivo à vacinação, e num ato de extrema preocupação, autorizou novamente o pagamento de R$ 1,50 por cada dose aplicada e registrada. O Cosems pediu ao governador que esse incentivo fosse pago até o final do ano e foi autorizado”, comentou Florentino.

O gestor afirmou que é uma preocupação para o estado e os municípios o número de pessoas que estão com a 2ª dose atrasada e fez um apelo para que essas pessoas se dirijam aos postos de vacinação e concluam a sua imunização.

“Então toda essa preocupação do governo, dos municípios, toda essa luta dos profissionais de saúde que estão nos postos de vacinação, às vezes a gente fica um pouco triste quando vê que 146 mil pessoas faltam voltar para tomar a 2ª dose, então a gente quer falar diretamente com essas pessoas: venham aos postos de saúde para receber a 2ª dose e ter, assim, a imunização completa”, completou o secretário.

Mais Lidas