O corpo do deputado estadual Fernando Monteiro (PRTB) está sendo velado na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), em Teresina, nesta sexta-feira (27). O parlamentar morreu, aos 68 anos, nessa quinta-feira (26), vítima de câncer hepático, após ter ficado cerca de três meses internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

Nesta sexta, amigos, familiares, políticos e a população em geral compareceram ao salão nobre Francisca Trindade, da Alepi, para honrar a memória do deputado antes do sepultamento, previsto para acontecer às 17h no Cemitério São José, na Zona Norte da capital.

O filho do deputado, Marquinhos Monteiro, disse que a morte do pai surpreendeu a família, mas que o sentimento de realização pelo trabalho realizado pelo deputado tanto na política como na cultura é uma fonte de consolo no momento de perda.

“Estou sentindo um vazio. Um pai quando falece deixa o filho triste. Fica uma dor familiar. A gente não esperava que isso acontecesse. A gente esperava que ele fizesse o tratamento e voltasse para o seio familiar e dos amigos. Mas se Deus precisava dele, depois dele ter trabalhado tanto aqui na terra, a gente fica triste, mas fica a história dele”, disse Marquinhos.

O deputado foi velado com uma bandeira da escola de samba Ziriguidum sobre o caixão, já que o parlamentar foi durante anos presidente da agremiação e um incentivador do Carnaval no Piauí.

Emocionado, Humberto Moraes, que é interprete da Ziriguidum, disse que enquanto o período carnavalesco se aproxima é impossível não sentir tristeza com a despida de um dos seus principais incentivadores.

“Um cidadão muito bom, incentivador da nossa cultura e acima de tudo um amigo que sempre foi uma pessoa maravilhosa e que nos recebeu de braços abertos e dando sempre o melhor pra nossa escola”, declarou.


Fonte: G1PI

Comentários Facebook