Deputado do RJ defende miss piauiense de ataques racistas

"Monalysa Alcântara recebeu uma merecida coroa para reinar sobre a cabeça dos invejosos", disse Jean Wyllys.

50

O deputado federal do Rio de Janeiro, Jean Wyllys (PSL) defendeu em sua rede social Facebook, a piauiense Monalysa Alcântara, eleita nova Miss Brasil 2017 no último sábado (19). Desde a divulgação do resultado, a nordestina vem sofrendo ataques preconceituosos.

Em sua publicação, Jean Wyllys destacou que “existe gente que não consegue suportar a ideia de uma mulher negra no topo de uma competição de aparências”. O deputado falou ainda que a beleza de Monalysa “é tamanha que ofusca os odiosos” e finalizou dizendo: “Monalysa Alcântara recebeu uma merecida coroa para reinar sobre a cabeça dos invejosos”.

A postagem teve mais de cinco mil curtidas, em torno de 800 compartilhamentos quase 300 comentários.

Confira a publicação:

O racismo no Brasil é de tal forma impregnado que há aqueles que não conseguem simplesmente assistir a uma pessoa negra vencer um concurso de beleza. Existe gente que não consegue suportar a ideia de uma mulher negra no topo de uma competição de aparências.

Não é como nos casos em que a disputa final se da entre duas mulheres brancas. Não é simplesmente discordância dos jurados, o que seria esperado para um programa que se propõe a fomentar exatamente esse tipo de discussão.

O que ocorre é de outra natureza. Quando se trata de uma mulher negra, o que deveria ser uma avaliação, em instantes, se revela a extrapolação de um racismo historicamente arraigado, chulo e ignorante. A branquitude simplesmente não perdoa.

Mas ainda bem que a beleza de Monalysa Alcântara, a nova miss Brasil [oxalá, miss universo, em breve!] é tamanha que ofusca os odiosos que, nos últimos dias, encheram de chorume as caixas de comentários nas redes sociais. A verdade é que, a cada passo que da, um racista feio cai gelado pro lado. Monalysa Alcântara recebeu uma merecida coroa para reinar sobre a cabeça dos invejosos.

fonte: Portal R10

Comentários