Duas famílias de agricultores da cidade de Bom Jesus, sofrem ameaças de morte na localidade, Escarvado Grande, zona rural do município de Santa Luz, para deixarem as terras que cultivam e moram há 26 anos. As terras são de propriedade da Ordem Mercedária da Igreja Católica de Bom Jesus.

De acordo com informações do Frei Rogério Soares, no dia 11 de janeiro de 2020 por volta das 14hs na localidade Escarvado Grande, houve uma situação constrangedora onde o senhor Gildemar do Nascimento e dona Neidinalva Araújo da Silva Nascimento, foram surpreendidos no momento em que estavam fazendo uma gradagem na terra. Os agricultores foram ameaçados de morte com disparo de arma de fogo que atingiu o trator.

Ainda conforme o relato do Frei, o ato foi realizado por Maria Luíza Nunes Novo Raminelli, irmã do deputado estadual Fábio Novo.

No mesmo momento do ato o senhor Gildemar, ligou para seu filho que imediatamente registrou um (B.O.) Boletim de Ocorrência na Delegacia da Polícia Civil de Bom Jesus. E segundo o denunciante, a PC disse não poder fazer nada a respeito do caso. A família disse estar indignada com a atitude da polícia.

Procurado pela Redação do Portal Ponto X, o Delegado da Polícia Civil, Juciêr Santos, informou que, o plantonista em nenhum momento falou que nada poderia fazer. O plantonista disse ainda que, com relação à terra teriam que procurar o judiciário e com relação aos tiros ele orientou procurar a (PM) Polícia Militar, por causa do flagrante ou procurar a delegacia na segunda-feira. “O que aconteceu após isso, não é responsabilidade da Polícia Civil”. Esclareceu o delegado.

O Frei Rogério Soares, gravou um vídeo onde diz que as terras foram doadas às famílias pela Ordem Mercedária, através do Padre Rafael, há 26 anos. As terras estão na justiça pela Ordem Mercedária, para requerer os direitos dessas famílias para que eles continuem no local.

Assista o vídeo do Frei Rogério Soares, a seguir:

Comentários Facebook