28.2 C
Bom Jesus

Brigadistas do PrevFogo lutam desde segunda-feira contra incêndio entre Curimatá e Avelino Lopes, Sul do PI

Os brigadistas da PrevFogo,  brigada Federal de prevenção e combate aos incêndios florestais do Ibama, trabalha desde a última segunda-feira (20) para dominar um incêndio iniciado a partir de uma queimada controlada, em uma propriedade particular, onde o proprietário não controlou de forma adequada o procedimento.

De acordo com o chefe da brigada, Carlos José Barreto Sousa, a queimada foi iniciada seguindo todos os parâmetros da prática, mas o dono da roça de um hectare não permaneceu no local para fazer o monitoramento, resultado no descontrole do fogo a partir de um vento mais forte que soprou no local.

“A queimada controlada é uma prática segura, onde o proprietário da terra vai até a base do PrevFogo, agenda uma data e á destinado um esquadrão com 7 brigadistas para assistir a queima. O dono da terra deve seguir uma série de exigências, como asseiro de no mínimo dois metros, não pode haver nenhuma árvore seca nas proximidades, nem dentro nem fora, além de outros requisitos. Nós chegamos no local por volta das 17h, o fogo inicia às 18h e nós permanecemos no local até que o fogo se transforme em brasa. A partir daí, quando não há mais o risco da queimada se alastrar, o proprietário da terra tem a responsabilidade da vigília e deve permanecer no local, por 2 ou 3 dias, apagando os possíveis focos que possam surgir, com água a postos, para agir prontamente. Esse é o procedimento, mas o proprietário da terra em questão não seguiu o procedimento. Segundo relato dos vizinhos, na manhã seguinte ele foi visto na cidade, por volta das 8h da manhã, e não seguiu o procedimento. Às 11h da manhã começou o fogo forte e se alastrou por toda a região”, relatou.

Originalmente, a área de atuação da Prevfogo é o Assentamento PA-PORTEIRAS no município de PARNAGUÁ, mas quando não há ocorrências na área de responsabilidade da brigada, é feito esse auxilio aos moradores da região.

“No mês de setembro é quando os moradores iniciam a queima para a limpeza da terra, como cortesia fazemos esse acompanhamento em toda a região. Desde o ano de 2016 operamos desta forma e nenhum acidente durante a prática de queima controlada havia acontecido até hoje. Para se ter ideia, no ano de 2018 fizemos 60 procedimentos iguais a esse, nenhum descontrolou. Mas há que se ter muita responsabilidade!”, ressalta.

O incêndio acabou tomando grandes proporções e atinge os povoados Lagoas, Lagoa Verde, Baixão do Riacho e Lagoa Verde, localizados entre as cidades de Curimatá e Avelino Lopes. 

GOVERNO DO ESTADO

Para reforçar o combate ao fogo, duas equipes do Corpo de Bombeiros foram enviados pelo Governo do Estado. Coordenadas pelo Tenente Cardoso, as duas equipes são compostas por 14 homens e trouxeram kits para combater grandes incêndios e drones para monitorar os focos. Eles estiveram reunidos na noite de ontem com o vice-prefeito de Curimatá Mike Jacobina, com o secretário municipal de Meio Ambiente, Júnior Miranda e a equipe do PrevFogo.

“Trabalhamos e controlamos o fogo ontem à noite e deixamos o corpo de Bombeiro na continuidade dos trabalhos hoje pela manhã. Retornamos para o local às 18h de hoje”, finaliza o chefe da PrevFogo, Carlos José Barreto Sousa.


Fonte: Portal Corrente

Mais Lidas