28.2 C
Bom Jesus

Bom Jesus: novo decreto endurece medidas restritivas na tentativa de conter avanço da covid-19

Aos finais de semana de sexta a domingo terá toque de recolher a partir das 23 e proibição de venda de bebidas alcóolicas.

A Prefeitura de Bom Jesus publicou um novo decreto com medidas restritivas mais rígidas que visa conter o avanço da Covid-19 no município. o DECRETO nº 030, entrou em vigor a partir de hoje (11) e segue até o dia 21 de junho. 

Conforme o decreto, haverá toque de recolher a partir das 23h, o comércio em geral poderá funcionar somente até às 18h de segunda a sexta-feira e no sábado até às 13h, respeitando as medidas específicas, além de proibição de venda de bebidas alcoólicas em locais públicos ou de circulação pública.

Segundo o secretário municipal de saúde, Dr. Keppler Miranda, a prefeitura de Bom Jesus, está realizando um enorme esforço de conscientizar a população sobre as medidas restritivas. “O povo precisa cumprir os decretos e fazer sua parte, pois nas últimas semanas o número de casos e óbitos vêm aumentando constantemente, o que preocupa a gestão, já que estamos chegando ao período de festas juninas e várias lives estão agendadas, e ainda existe uma grande preocupação com a nova variante”. Disse.

Restaurantes, Bares e Lojas de Conveniência poderão funcionar até às 23h de segunda a quinta-feira com as seguintes medidas:

Permitir a entrada de clientes somente com o uso da máscara;

Limitação de (6) seis pessoas por mesas e ofertar álcool em gel em cada mesa, além de distanciamento mínimo de 2 metros entre as mesas (com 50% da capacidade máxima permitida);

Não será permitido som automotivo, instrumental e música ao vivo no local. O som automotivo será automaticamente apreendido pela Policia Militar e encaminhado a Delegacia de Polícia;

A partir de sexta a domingo bares e restaurantes e lojas de conveniências não poderão funcionar e está proibido a venda de bebidas alcoólicas e alimentação para consumo no estabelecimento, ficando permitido somente a venda através de delivery.

A Feira Livre terá que adotar medidas específicas:

1º – distanciamento de no mínimo 2 metros entre as barracas ou pontos de vendas;
2º – uso obrigatório de máscara por vendedores e clientes;
3º – uso obrigatório de touca para todos que manipulam alimentos;
4º – álcool em gel disponível em todas as barracas e pontos de vendas

Escolas

1º – Ficam suspensas do dia 14 ao dia 18 de junho aulas presenciais (escolas particulares), ficando permitido somente ensino infantil e creches. As aulas serão remotas para os demais.

Academias ficam fechadas, suspendendo suas atividades até 24h do dia 20 de junho. Atividades Esportivas ao ar livre, sem contato físico com outras pessoas como caminhada, ciclismo, corrida ficam permitidas, suspendendo-se as demais até 24h do dia 20 de junho. 

Fica proibido as visitações aos Cânions do Viana. 

Da Realização de Lives

1º – É proibido terminantemente a presença de platéia ou qualquer tipo de aglomeração no local do evento, devendo-se observar a devida organização para que cada artista somente compareça, no momento de sua participação, em horário previamente agendado, caso haja mais de um grupo musical envolvido no evento;

A fiscalização das medidas determinadas neste Decreto será exercida de forma ostensiva pela vigilância sanitária municipal, com o apoio da Polícia Militar e da Polícia Civil, podendo a quem desacatar os fiscais da Vigilância em Saúde serem imediatamente conduzidos a delegacia onde será lavrado um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência).

VEJA AQUI O DECRETO NA INTEGRA, COM TODAS AS MEDIDAS RESTRITIVAS.

Mais Lidas