28.2 C
Bom Jesus

Bolsonaro determina estado de calamidade em Uruçuí e medidas urgentes

Ministro Ciro Nogueira, disse que técnicos já estão na região de Uruçuí.

O ministro da Casa Civil Ciro Nogueira, anunciou na tarde desta terça-feira (28) que o presidente Jair Bolsonaro determinou o reconhecimento de estado de calamidade pública na região de Uruçuí, no Sul do Estado, devido aos estragos provocados pelas fortes chuvas.

Ciro explicou que o estado de calamidade vai permitir liberar recursos com maior rapidez. “O governo federal vai reconhecer estado de calamidade pública na região, o que vai viabilizar os recursos necessários às medidas, que já estão sendo tomadas por ordem do presidente Bolsonaro”, disse.

O ministro também disse que o presidente autorizou a recuperação da PI-247, interrompida pelas águas. Segundo Ciro, técnicos estão no local avaliando obras de recomposição do aterro, já que uma ponte móvel foi descartada. “Técnicos avaliam executar uma rápida obra de recomposição de aterro e, ao longo do dia de hoje, deverão propor alternativas para tirar os moradores do isolamento”, destacou.

Enchente alaga casas e deixa famílias desabrigadas

Várias famílias ficaram desabrigadas e povoados isolados após o rio Parnaíba transbordar com as fortes chuvas registradas entre sábado (26) e domingo (26), no município de Uruçuí, a 474 km de Teresina. Essa foi maior cheia dos últimos anos.

Em entrevista ao Meionorte.com, o secretário de Defesa Civil do Estado, José Augusto de Carvalho, explicou que pelo menos 5 famílias que moram em uma zona mais baixa tiveram suas casas atingidas. Segundo ele, o rio recebeu uma forte carga de água devido as últimas chuvas, além do fato da região ser um encontro de rios, entre Parnaíba e Balsas.


Fonte: Meio Norte

Mais Lidas